[infográfico] Personas – 3 públicos para criar conteúdo (o #3 é o nosso favorito)

Personas são parte essencial do seu negócio, conforme escrevemos aqui. Elas ajudam você a alcançar os resultados que deseja. Para dar uma luz no final do túnel, retiramos do livro “Marketing 4.0: do tradicional ao digital” de Philip Kotler os três públicos que o autor diz que são essenciais dispor um pouco da nossa atenção para fazer marketing. E com esse infográfico, você poderá se inspirar e criar suas personas (e claro, conteúdos!).

Personas

São personagens fictícios, mas estão ligadas ao seu público-alvo. Apesar da recorrente confusão, personas e público-alvo são coisas diferentes.

De uma forma geral, definindo as personas, você:
– conhece melhor o seu público;
– escolhe canais mais eficientes, pois você saberá onde o seu público estará;
– saberá qual tom da comunicação deverá ser usado.

E as personas têm que responder a uma pergunta simples: quem se beneficiaria com o seu produto ou serviço?

Os três públicos

Ao você focar suas energias para criar conteúdo para um dos três (ou os três!) públicos a seguir, irá aumentar a probabilidade de conquistar defensores da marca. Segundo Kotler, cada um deles representa uma parte bastante lucrativa. E esses públicos são os mais influentes na era digital.

Público #1 – Jovens

“Os jovens de hoje serão, em um futuro próximo, o alvo primário e provavelmente os clientes mais rentáveis.”

a) São adotantes iniciais das tecnologias e não têm medo de experimentar novos produtos e serviços.

b) Os jovens estão madurecendo cada vez mais cedo. Estão também entre os principais propulsores de mudanças no mundo.

Público #2 – mulheres

“O processo de tomada de decisão de uma mulher é diferente do processo de homens. Enquanto o caminho de compra do homem é curto e direto, o da mulher se assemelha a uma espiral.”

a) Por serem coletoras de informações, as campanhas de marketing de conteúdo são facilmente aplicáveis a esse público.
b) Em 41% dos domicílios americanos eram as mulheres que davam as ordens. (Pew Research Center, 2008)

Público #3 – Netizen

– Michael Hauben cunhou a palavra netizen (cidadão da internet) no início dos anos 1990.
– São pessoas que se importam em desenvolver a internet para benefício do mundo em geral e trabalham ativamente para este fim.
– Existe uma hierarquia de tipos de usuários da internet: inativos, expectadores, coletores, críticos e criadores. Os coletores, críticos e criadores são os netizens!

Conclusão

E por que você deve fazer conteúdo para jovens, mulheres e netizens:
– Podem ser os tomadores de decisão em relação às compras da família e influenciar (muitas!) outras pessoas
– “Juntos, jovens, mulheres e netizens detêm a chave para o marketing na economia digital.”

 

Personas - 3 públicos para criar conteúdo segundo Philip Kotler - parte 01Personas - 3 públicos para criar conteúdo segundo Philip Kotler - parte 02

 

Clique aqui e conte para a gente o que achou do infográfico. Tem sugestões de temas? Mande também!

2 Comentários

  1. […] entender o que é importante ou não para o seu público-alvo, primeiro é entender quem é esse público-alvo. Não basta só criar um monte de conteúdo, programar nos horários que falaram para você que […]

Comentários estão fechados.