A jornada do cliente com os micro-momentos

A jornada do cliente com os micro-momentos

Os micro-momentos são aqueles momentos durante o dia em que há uma necessidade ou uma curiosidade (com a qual também se pode iniciar ou terminar o processo de compra de um bem ou serviço) que são satisfeitos através de uma pesquisa online.

A conquista de tais micro-momentos tornou-se, segundo o Google, o novo desafio para os profissionais de marketing (digitais e outros).

O imperativo categórico do marketing (não apenas marketing em tempo real) é, de fato, o de monitorar todos os pontos de contato do processo de tomada de decisão do usuário (jornada do comprador) a qualquer momento.

A satisfação da necessidade nos micro-momentos acontece principalmente através da pesquisa pelo smartphone que é o dispositivo cada vez mais presente na vida das pessoas.

Se o conceito pode parecer obscuro, o pequeno vídeo do Google explica isso de maneira muito simples, melhor do que mil palavras podem fazer.

Por que os micro momentos se tornam tão importantes no marketing?

Por que o advento do celular (lembre-se que, de acordo com declarações do Google, em dez mercados, incluindo as buscas móveis dos EUA, já excederam pesquisas na área de trabalho) tem distorcido completamente a maneira de pesquisar. Isso para inquirir e satisfazer as necessidades, seja uma questão de necessidade e decisões de compra que não são muito importantes, ou escolhas importantes (neste caso a jornada do comprador é mais longa e mais complexa).

A tendência está em ascensão contínua e, sem ter a varinha mágica, pode-se afirmar que logo os percentuais de buscas e navegações “móveis” irão superar em muito os do desktop, mesmo no resto do mundo conectado.

Pensar primeiro em dispositivos móveis não significa apenas criar sites e e-commerce projetados para dispositivos portáteis (responsivos), mas significa reinventar completamente a experiência da empresa com o usuário, que é totalmente diferente dos esquemas em que estávamos acostumados.

Quais são os 4 tipos de micro-momentos?

Como uma marca, você pode, portanto, voltar-se para micro-momentos para elevar o desempenho do seu marketing de busca. Estando lá e sendo útil exatamente quando é necessário, você pode usar os micro-momentos como um veículo para aumentar o engajamento e o ROI.

Para fazer isso, você precisa saber exatamente como aproveitar os micro-momentos e como esses momentos realmente se parecem para você e seus clientes.

O Google identifica quatro momentos principais quando uma pessoa acessa um dispositivo para agir de acordo com uma necessidade:

1 – Momento: eu quero saber

O usuário está em fase exploratória, ele não quer comprar (pelo menos por enquanto), mas está à procura de informações ou pretende satisfazer uma curiosidade.

Essa é uma necessidade que pode ocorrer a qualquer hora do dia e pode ser acionada por qualquer evento.

2 – Momento: eu querer ir

Nosso potencial cliente procura uma loja ou um negócio próximo (aqui a intenção de compra é mais evidente).

Se você puder se mostrar nesses momentos, suas chances de ser levado em consideração aumentarão dramaticamente.

Saiba que, de acordo com o Google, as pesquisas de proximidade duplicaram no ano passado.

3 – Momento: eu quero comprar

O usuário já tem água na boca … Nesse momento você tem que “ajudar a escolher”.  Para encontrar você com a proposta certa, você deve necessariamente estar lá.

4 – Momento: Eu quero fazer

Nosso público está constantemente à procura de informações operacionais, cada vez mais quer aprender, quer saber como fazer (cada momento).

Não sabemos o relacionamento e a conexão com a possível compra e a fase no funil em que nosso usuário está localizado, mas é sempre mais importante estar lá.

Se você puder ser estimulante, saiba que no youtube pesquisas relacionadas a “como” crescem com uma média de 70% ao ano.

A tendência dos micro-momentos significa que os profissionais de marketing não podem mais ditar como os consumidores percebem o valor da marca. Os profissionais de marketing devem provar aos clientes que um produto ou serviço tem valor.

E você está pronto para aproveitar os micro-momentos?

1 comentário

  1. […] da jornada do consumidor, pense o engajamento como objetivo após a conversão. Dessa forma, a chance das pessoas falarem […]

Comentários estão fechados.